Pular para o conteúdo principal

Eltanin OS

Um sistema operacional de propósito geral, livre, simples e completo.

Princípios

Os princípios que guiam este projeto não são novos, são basicamente os mesmos utilizados pelo UNIX (durante seus estágios iniciais) e até mesmo por alguns sistemas operacionais mais recentes como no caso do Plan 9.

O atual cenário tão lamentável de software não se dá necessariamente por incompetência, se dá por que o principio tem sido lucro, então o software que deveria tirar vantagem do avanço de hardware na verdade o estagna, precisando de muito mais p'ra se atingir basicamente o mesmo.

Que valor seja dado p'ra que possa ser recebido.

Simplicidade

Aqui definida como partes manuteníveis e compreensíveis, que consideram o uso de recursos e armazenamento (nessa ordem de importância), visando o menor uso possível p'ra seu contexto.

A este projeto, a simplicidade de interface é preferível à simplicidade de implementação.

O sistema como um todo não tem como objetivo o extremo minimalismo; pelo contrário, a meta é ser de tão útil a mais em comparação as alternativas maiores.

Modernidade

A meta é provar falsa a premissa que tem sido vendida de que é um mal necessário sujar a implementação e interfaces a fim de se ter o que se espera de um sistema moderno.

O que se espera de um sistema atual desde o básico até o topo deve ser feito de forma consistente e coerente, guiado nos outros princípios.

Interoperabilidade

Um sistema é harmonioso a medida que as pequenas peças que o compõem interagem uma com as outras em danças estaveis e simetricas de forma que se tenha uma interface estável.

Nisso implica-se a real modularidade, que não é simplesmente "visceralizar" o que é no fim é uma tarefa una, uma interface consistente de interação com cada tarefa a seu devido contexto permite que elas sejam alteradas e moldadas de diferentes formas.

Compatibilidade com POSIX

As especificações POSIX são consideradas a fim de interagir com o gigantesco ecossistema de software já existente, sendo implementadas conforme relevante.

Nisso implica-se a portabilidade, a ausência de concorrência tem feito nascer padrões artificiais que servem somente p'ra reduzir a liberdade. A meta é um ambiente relativamente portável p'ra que possa ser utilizado de referência a quem se importa.

O futuro não precisa estagnar no passado mas p'ra que exista precisa se apoiar nele não matá-lo.